VZ.BLOG

Mercedes C111, o carro de 400km/h dos anos 60!

Um marco da história automóvel esquecido.

Ao longo de uma longa e variada história, a Mercedes-Benz quebrou muitos recordes e foi pioneira numa infinidade de soluções inovadoras com os seus carros.

No entanto, enquanto a maioria dos feitos da marca germânica são amplamente conhecidos, muitas pessoas esquecem-se que a Mercedes-Benz atingiu os 400km/h por décadas antes de qualquer outra marca. Fizeram isto há 50 anos com o revolucionário C111.

O concept C111 foi introduzido no Salão Automóvel de Frankfurt de 1969 como um protótipo experimental. A Mercedes nunca a considerou seriamente a sua produção e foi equipada com um motor rotativo Wankel com três rotores – um quarto foi adicionado mais tarde – com 350cv, quase o mesmo que o Lamborghini Miura de doze cilindros da mesma época.

pub

O Wankel foi sempre um mecanismo notoriamente difícil de se trabalhar e, como a Mercedes não conseguia o conseguia fazer funcionar corretamente, começaram a experimentar outras soluções. O C111-III foi então equipado com um diesel de 5 cilindros, com um coeficiente de aerodinâmico (CX) de apenas 0,191, o que ajudou a conseguir alcançar uma velocidade máxima de 320 km/h na pista de testes de Nardò, no sul da Itália.

Mas a Mercedes não parou por aí e desenvolveram uma nova versão do C111 com um V8 twin-turbo de 4.8 L que produzia 500cv e o carro atingiu 400km/h durante os testes. Esta é a velocidade do Bugatti Veyron – exceto que foi alcançada algumas décadas antes do Veyron ser concebido.

Mercedes C111, o carro de 400km/h dos anos 60! 3
Fonte: Daimler Midia

A fabricante de Estugarda continuou a receber pedidos para o C111, mas o carro nunca chegou à produção com apenas 16 protótipos já construídos – razões que talvez tenham contribuído para este recordista nunca ter brilhado na história.

 

Mostrar Mais
Botão Voltar ao Topo