Notícias

Banco do condutor estava vazio durante um acidente fatal com Tesla Model S

O Tesla transportava dois ocupantes, mas nenhum estava no lugar do condutor.

Dois homens morreram depois de um Tesla atingir uma árvore em Spring, Texas, perto de Houston, no fim de semana passado. Nenhum dos dois estava atrás do volante no momento do acidente – um foi encontrado no banco do passageiro dianteiro e o outro no banco traseiro.

A polícia local referiu que “ninguém estava a conduzir” o carro de 2019 no momento do acidente. O incêndio subsequente reduziu o Model S a escombros. Demorou quatro horas e gastou quase 150.000 litros de água para apagar o fogo devido às células da bateria reacenderem continuamente. Enquanto o fogo estava a ser combatido, as autoridades contataram a Tesla e perguntaram a melhor forma de extinguir o incêndio.

Um repórter do KPRC 2 falou com o cunhado de um dos falecidos, que disse que o proprietário estava a levar o Tesla para um passeio com o seu amigo. Diz-se que o próprio proprietário deu início à condução automática, e logo depois disso, pensa-se que foi para o banco de trás. O carro bateu a apenas algumas centenas de metros da propriedade do mesmo.

pub

Não se sabe se o piloto automático estava ativado no momento do acidente. A Tesla considera este um “sistema prático de assistência ao condutor que deve ser usado apenas com um condutor totalmente atento”, mas a Internet está inundada de vídeos do sistema a ser abusado, com condutores a dormir ou ocupados atrás do volante, ou mesmo fora do lugar do condutor como este caso.

Mostrar Mais
Botão Voltar ao Topo